Avenida fontes pereira de melo n-14 4 andar geral@jasonassociates.com
21 318 29 30

Modelos de desenvolvimento separados de Modelos de avaliação

Modelos de desenvolvimento separados de Modelos de avaliação

Gestão de Desempenho - Sente que a forma como os colaboradores estão a ser avaliados não é imparcial? Venha perceber uma das principais razões!

 

Este problema está muitas vezes associado a uma decisão que é altamente questionável – ligar a avaliação a consequências financeiras. Saiba porquê e como pode evitá-lo!

 

As empresas que fazem ligação direta entre a avaliação de competências e a atribuição de prémios, revisão salarial e outro tipo de consequências financeiras fazem com que muitos gestores pensem duas vezes antes de avaliar. Não querem penalizar as suas pessoas e, por vezes, inflacionam a sua avaliação para que não percam benefícios. Esta informação passa a ser pouco fidedigna, quem tem de tomar decisões deixa de confiar nos dados e todo o processo onde se investe tanto tempo e energia perde credibilidade.

 

O que pode fazer para evitar esta situação?
SEPARE AS ÁGUAS!

 

A avaliação de competências avalia a evolução do colaborador, o valor das suas aprendizagens e o impacto na organização, bem como o seu potencial e aspirações para novos desafios. Esta avaliação é baseada em comportamentos, logo mais subjetiva. E está mais orientada para o futuro.
Qual o output imediato? Um plano de desenvolvimento que acelere o crescimento das pessoas e ajude a orientar o caminho que vai fazer dentro da organização.

 

A avaliação de objetivos avalia contributos tangíveis (Ex.: vendas; angariação de Clientes; implementação de novos processos; desenvolvimento de novos produtos, etc.). Esta avaliação é baseada em aspetos concretos que a pessoa entrega à organização, logo mais objetiva. E está mais orientada para reconhecer o passado.
Qual o output? A partir do cumprimento destes objetivos podem ser atribuídos prémios e outro tipo de benefícios financeiros.

 

Há cada vez mais empresas a separar estes momentos no próprio calendário para clarificar que são aspetos diferentes do desempenho. Na Jason Associates temos apoiado várias empresas nesta reflexão e na melhor forma de operacionalizar estes modelos. Estamos disponíveis para conversar consigo!

 

Sofia Llano | Manager | sllano@jasonassociates.com

DESTAQUE

Talent Escape Room, um jogo que muda comportamentos?